Nota de pesar: faleceu a professora Janea Kessler

0

Na segunda-feira, 30 de março, faleceu a professora Janea Kessler, vítima de trombose seguida de embolia pulmonar e parada cardíaca. Graduada em Desenho e Plástica pela Universidade Federal de Santa Maria (1976), em Comunicação Social pela Universidade Federal de Santa Maria (1978) e mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (1997), foi professora do curso de publicidade e propaganda da UFSM. Atuou, também, como professora assistente da Universidade Franciscana até o ano de 2015. A professora deixa irmãos, sobrinhos, enteados, netos e, muitos alunos e amigos, que não pouparam homenagens emocionadas nas redes sociais:

“A Janea Kessler sempre me inspirou para seguir como Diretora de Arte, incentivava e instigava para buscarmos sempre o nosso melhor, vibrava com nossas conquistas mesmo após a faculdade, estava de alguma forma sempre por perto. Devo muito a ela os ensinamentos como pessoa e como comunicóloga os quais carrego até hoje nessa trajetória. É a Patronesse da nossa 6ª Turma de PP da Unifra (UFN). Uma pessoa com uma sabedoria imensa e um coração tão grande quanto – sempre nos acolhia com muito carinho. Sempre foi um exemplo para todos nós! Triste demais, não absorvi ainda essa notícia… o que fica é a memória em constante atualização através do tempo. Obrigada por tanto, e tenho certeza que estará olhando por nós de onde quer que estejas. O céu ganha mais uma estrela gigante. Que os familiares encontrem conforto em seus corações”, (CAMILA DE ÁVILA).

“ (…)Hoje nós perdemos a Janea Kessler, uma unanimidade pra todas nós. Uma professora que foi muito além da sala de aula, tornou-se uma amiga e uma referência de caráter e conhecimento até para quem não era, como eu, da habilitação específica de Publicidade e Propaganda, que era a formação e atuação docente dela. Todo o encontro com a Janea era um pouco de entusiasmo, serenidade, incentivo. Tenho na minha lembrança o sorriso, a alegria, a elegância. A cada perda de uma mestra como a Janea, amplio um pouco a compreensão da dimensão da figura de uma professora, de um professor. Assim foi o impacto da perda da Eunice, do Sérgio Assis Brasil, como um pai para muitos, do Paulo Araújo, um encantamento também de certa forma precoce e surpreendente pra nós. O ofício de uma professora, que como a Janea, impregnou de humanidade, honestidade e amor sua relação com alunas e alunos, deixa uma marca perene. Agradeço imensamente por ter te conhecido! Vai em paz…
solidariedade aos nossos colegas e aos familiares!
(CARINE PREVEDELLO).

“Minha amiga partiu hoje, sem dizer adeus! Os bons vão sempre antes, isso é fato! Meu coração sangra, perdi a minha mentora, a pessoa que estava sempre pronta para dar um bom conselho, como vou viver agora? Foram tantas boas conversas e risadas… tanta cumplicidade, tanto amor! Vai amiga, que Deus cuide de ti, tão bem quanto cuidastes de todos nós. Te amarei para sempre, minha queridissima Janea Kessler!”,  (VALERIA SILVEIRA).

“Quando aluno eu a provocava chamando de tia. Ela respondia “tia é a irmã da sua mãe “. Depois de formado continuamos a manter contato, e algumas vezes nos encontramos para um café nas visitas que faço a Santa Maria para rever minha mãe. Você nos deixou um legado Janea Kessler, como mestra, amiga e conselheira. Que nosso mestre Jesus e os anjos de luz a receba com festa, alegria e muita arte. Abreijos e até breve. Meus sentimentos a toda família e amigos”, (GEOVANI BERNO).

Em função da pandemia (Covid-19), as despedidas serão restritas e o corpo segue para cremação.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS