APUSM chega a 3 mil associados

0

(Foto: DouraSoft)

Nesse mês a APUSM atingiu a marca histórica de 3 mil associados. E não é de hoje que a associação vem crescendo. Nos últimos meses, a APUSM tem promovido campanhas para captação de associados na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e na Universidade Franciscana (UFN). O presidente da associação, Paulo Roberto Magnago, concedeu uma entrevista a respeito do marco.

– Como o senhor explica esse aumento de associados nos últimos meses? Como a nova gestão tem atuado nesse sentido?

A nova diretoria resolveu liberar, conforme o estatuto, a inclusão de técnicos-administrativos, surgindo a oportunidade de alavancar o número de associados. Com isso, desenvolvemos campanhas de captação de associados, conseguindo um espaço fixo na PoliFeira do Agricultor que acontece na UFSM e, recentemente, em um projeto junto a assessoria de comunicação da Universidade Franciscana, que nos abriu portas para conhecer e divulgar a APUSM nos conjuntos da universidade. Em 2017, eram 8,66 novos associados por mês e, de abril a setembro de 2018, aumentaram para 25 por mês.

– Como os convênios contribuíram para isso?

Em parceria com a direção do plano de saúde Unimed, um dos nossos principais convênios, ampliamos a área de abrangência. Era apenas Rio Grande do Sul, agora também alcançamos Santa Catarina e Paraná. Além disso, uma estratégia promocional de carência zero até 31/12 também colaborou para aquisição de novos associados.

– Qual a importância desse número para a associação?

Esse número histórico para nossa associação reflete o profissionalismo, a dedicação e o empenho dessa nova gestão em trazer novos benefícios para nossos associados, buscando fazer com que o associado sinta-se dono e principal objetivo da APUSM. Ele contribui, significativamente, para o aumento da receita da associação. Inclusive, as campanhas para alcançar esse número tiveram custo zero.

– A associação tem trabalhado para melhoria de suas dependências. Quais são e como tem sido feitas?

Podemos destacar a construção do complexo cultural e o novo espaço de convivência para associados e colaboradores. Também começamos um trabalho de divulgação do auditório, salão cultural e panorâmico, bem como, melhorias neles.

– Como essas melhorias influenciam no aumento do número de associados?

Quando o associado percebe que as melhorias são para seu próprio benefício, além de se sentir pertencente à instituição, ele divulga para seus pares, ainda não associados à APUSM, que acabam se associando porque também querem fazer parte desse rol de benefícios.

 

 

SEM COMENTÁRIOS