Todos querem o Terraço APUSM

0

 

Na cerimônia de casamento, realizada na sede da Apusm, estiveram presentes diversos judocas que integram a seleção brasileira da modalidade. Foto: Gustavo Ruviaro / Especial
Na cerimônia de casamento, realizada na sede da Apusm, estiveram presentes diversos judocas que integram a seleção brasileira da modalidade. Foto: Gustavo Ruviaro / Especial

A diretoria da APUSM já previa uma grande procura pelo Terraço APUSM, o novo espaço da Associação para festas e encontros informais. Afinal, é uma área aberta que possui uma vista magnífica para o lado sul de Santa Maria, oferece toda estrutura para confraternizações com o já tradicional padrão de qualidade e sofisticação, como também bastante apropriada para estes dias quentes deste verão de 2017.

O que ninguém esperava era a intensidade desta procura para reservar o novo local, principalmente para casamentos. O último, que aconteceu no entardecer do último dia 21 de janeiro, foi da judoca e atleta olímpica  castilhense, mas radicada em Santa Maria, Maria Portela, com o também judoca, Etierre Manhago, e reuniu a elite desta modalidade esportiva no Brasil (clique aqui e leia a matéria no Diário de Santa Maria).

O Terraço APUSM é a primeira parte, já construída e em atividade, de um grande projeto da atual gestão da Associação: o Complexo Cultural-Poliesportivo, que aguarda apenas a liberação da Executiva santa- mariense para o início das obras.

Sim, a construção do Complexo da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria pode se tornar realidade dentro de pouco tempo. E, muito mais que um antigo sonho dos fundadores, a construção deste novo espaço é uma das necessidade mais imediata da APUSM, apontada em pesquisa de opinião realizada entre o quadro social da entidade. Ou seja, é hoje também a grande aspiração do associado.

O projeto arquitetônico do Complexo Cultural Poliesportivo da APUSM foi elaborado pelo escritório Pepe Reys e terá uma área de 8.800 m2, distribuídos em cinco pavimentos, sendo que o térreo abrigará uma quadra poliesportiva tamanho oficial (que pode se tornar um grande teatro para apresentações culturais), conjuntos de vestiários, sanitários e respectivas salas de apoio das modalidades esportivas oferecidas.

No segundo andar está previsto arquibancadas com 340 lugares, mezanino e cabines de transmissão.  No primeiro subsolo será construído um salão de eventos multiuso, churrasqueira, cozinha, espaços de apoio, além de uma academia de ginástica.

O segundo subsolo é para instalação de um refeitório, sala-de–estar, vestiários e sanitários. Neste mesmo pavimento haverá um estacionamento para aproximadamente 60 veículos. No terceiro subsolo serão oferecidos espaços para esportes de salão, como o xadrez, e um bar para pequenas confraternizações.

ccf23012017_00000

A construção de um ginásio poliesportivo dotado de equipamento de ginástica e piscina de hidromassagem é a necessidade mais imediata da APUSM, apontada em recente pesquisa de opinião realizada entre o quadro social da APUSM. Maquete Pepe Reyes
A construção de um ginásio poliesportivo dotado de equipamento de ginástica e piscina de hidromassagem é a necessidade mais imediata da APUSM, apontada em recente pesquisa de opinião realizada entre o quadro social da APUSM. Maquete Pepe Reyes
Maquete Pepe Reyes
Maquete Pepe Reyes

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS