Torneio de xadrez na APUSM homenageia professor Quintino Oliveira

0

Os cinco melhores colocados, juntamente com o Professor Quintino, o diretor Jorge Alberto Boabaid e o árbitro Eduardo Albuquerque. (Foto:Gabriel Pfeifer/APUSM)
Os cinco melhores colocados, juntamente com o Professor Quintino, o diretor Jorge Alberto Boabaid e o árbitro Eduardo Albuquerque. (Foto:Gabriel Pfeifer/APUSM)

A Taça Professor Quintino de Oliveira, de Xadrez, foi atração na Associação dos Professores Universitários de Santa Maria neste sábado, 19 de novembro, que também foi o dia do Enxadrista. Desde as 9h da manhã, enxadristas de Santa Maria e Cruz Alta duelaram pelo título do torneio e também pelas vagas para a final do Campeonato Gaúcho Absoluto de Xadrez 2016, que ocorre no próximo dia 3 de dezembro, também na APUSM.

Com a arbitragem de Eduardo Ribeiro de Albuquerque, a competição foi realizada na forma suíça de disputa em cinco rodadas, ou seja, cada participante jogava cinco partidas e os cinco enxadristas que somassem mais pontos ganhariam um troféu e uma medalha como premiações, além de se garantirem na final do Campeonato Gaúcho Absoluto.

Depois de quatro rodadas disputadas, as partidas finais aconteceram por volta das 17h30, repletas de muita concentração e atenção por parte dos jogadores. E quem acabou levando a melhor, com 4,5 pontos conquistados foi o santa-mariense João Batista Cezar, que afirmou que o primeiro lugar, superou as suas expectativas iniciais no torneio: “Vim com o objetivo de conseguir a classificação para a final do gaúcho e foi melhor até do que eu imaginava, pois tinha jogadores fortíssimos na disputa e eu consegui colocar em prática tudo o que aprendi nestes 42 anos de trajetória minha no xadrez”- declarou o campeão da Taça Quintino de Oliveira.

Além de João, os outros quatro classificados para a final do dia 3, foram do segundo ao quinto lugar respectivamente, Rogério Cardoso Nascimento, Vinícius de Camargo Machado, ambos naturais de Cruz Alta, além dos santa-marienses Gustavo Martins Quadros e Ricardo Ritzel.

O professor Quintino de Oliveira, homenageado com o nome da taça, foi o grande idealizador há 4 anos do Departamento de Xadrez, que existe atualmente na APUSM. Em pronunciamento após o término da competição, Quintino falou sobre a sua enorme gratidão pela homenagem feita pela Associação e pelo Santa Maria Xadrez Clube: “É uma satisfação muito grande ter sido homenageado devido ao motivo de ter sugerido a criação do Departamento de Xadrez na APUSM. Hoje eu estou colhendo uma das homenagens mais importantes da minha vida, que levarei para sempre”-.

O diretor e também participante do torneio, Jorge Alberto Boabaid, ficou extremamente satisfeito com o nível da competição e também com a estrutura que foi proporcionada: “A minha avaliação do torneio é a melhor possível pelo resultado e esforço de todos, pelos jogos equilibrados que a gente pode ver. E gostaria de agradecer a APUSM por dar esta oportunidade aos enxadristas de Santa Maria e de fora, oferendo ótimas instalações”.- ressalta Jorge.

O destaque infantil do torneio ficou por conta de Lucas da Luz Nascimento, de apenas 13 anos e os destaques sub-18 com Gustavo Martins Quadros, que também foi o quarto colocado geral e Patrick de Mattos.

A Taça Quintino de Oliveira de Xadrez teve organização da APUSM juntamente com o Santa Maria Xadrez Clube, apoio da FGX e Patrocínio da ENY Calçados.

Por Gabriel Pfeifer/APUSM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS