II Mostra Internacional: cinema argentino em tela santa-mariense

0

A Mostra contou com a participação de diretores, produtores e professores de cinema. Fotos Esteban Baigorri
A Mostra contou com a participação de diretores, produtores e professores de cinema. Fotos Esteban Baigorri

                                             
Foram cinco noites, nove obras cinematográficas e muita conversas e debates entre brasileiros e argentinos no salão Olho D’Água da Associação entre os dias 14 e 18 de março. Esta foi a segunda edição da Mostra Internacional de Cinema de Santa Maria, que desta vez trouxe filmes produzido e realizados nas províncias argentinas de Chaco, Missiones e Corrientes.

“A Mostra tem como objetivo valorizar trabalhos feitos longe das grandes capitais, tanto da Argentina como do Brasil. Fiz a curadoria pensando no que temos em comum e o que temos de diferente com a cultura argentina. Descobri que temos mais semelhanças com estas obras realizadas do outro lado da fronteira, do que com as produzidas nos grandes centros, como Rio, São Paulo e Buenos Aires”, enfatizou Luiz Alberto Cassol, coordenador do Santa Maria Vídeo Cinema e curador da II Mostra.

mostra A

A Mostra contou com a participação de diretores, produtores e professores de cinema do país vizinho que vieram especialmente a Santa Maria para debater e trocar experiências com cineastas brasileiros (Confira box abaixo).

“Poder conversar com nossos espectadores logo após a exibição da obra é um momento especial e muito produtivo para quem realiza, produz ou dirige uma obra cinematográfica. Ainda mais em um país diferente do nosso. E, aqui no Rio Grande do Sul, descobrimos muito mais semelhanças culturais que imaginávamos”, salientou o diretor “chaqueño”, Marcel Czombos.

O evento cinematográfico trouxe ainda em sua programação principal, com intuito de interação e difusão cinematográfica, o premiado, “República dos Ratos”, produzido e realizado no Rio Grande do Sul, assim como os curtas santa-marienses “Espelho Hexagonal” e “Poeira”, que atraíram também muito público e aplausos em suas exibições na Mostra.

No final do evento, a vice presidente da APUSM, professora Darcila Castelan, agradeceu a participação dos convidados internacionais, assim como trabalho desenvolvido pela produção da Mostra e reiterou que a Associação não só vai continuar a parceria com o Santa Maria Vídeo Cinema, como vai amplia-la.

“Como uma associação de professores, acredito que é nossa obrigação oferecer eventos culturais de qualidade para nossa comunidade”, concluiu.

II Mostra Internacional de Cinema de Santa Maria teve promoção da INCAA, Oberá en Cortos, Cooperativa de la Tierra, DCEA, Festival La Pacho e Fórum Entre Fronteiras, a realização foi da APUSM e Festival SMVC (Santa Maria Vídeo e Cinema.

 

Participaram do encontro, da direita para esquerda, Paulo Burmann, Ricardo Ritzel, Nestor Czombos, Roly Ruiz, Luiz Alberto Cassol, Ruben Zamboni, Marcel Czombos e Marionaldo Ferreira.. Foto Lorenzo Franchi
Participaram do encontro, da direita para esquerda, Paulo Burmann, Ricardo Ritzel, Nestor Czombos, Roly Ruiz, Luiz Alberto Cassol, Ruben Zamboni, Marcel Czombos e Marionaldo Ferreira.. Foto Lorenzo Franchi

Realizadores argentinos propõem integração com futuro curso de cinema
Desde 2015, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) dá andamento às tratativas de abertura de um curso de Cinema na instituição. E no que depender de cineastas e realizadores argentinos, não faltará apoio ou integração ao projeto.

No dia 16, durante a Mostra em uma reunião com o reitor Paulo Burmann, os organizadores do Festival Internacional de Cortos de Oberá, da Província de Misiones, e do Festival de La Pacho, da Província de Chaco, fizeram o convite para que delegações locais visitassem os dois eventos, que serão realizados em junho e setembro próximos.

Os convites foram feitos pelo vice-decano da Faculdade de Humanidades e Ciências Sociais da Universidade Nacional de Misiones, Rubén Zamboni, e por Roly Ruiz, da coordenação do Festival La Pacho. A ideia é iniciar o quanto antes a troca de experiências e projetos. Ambos estiveram na cidade participando da programação da 2ª Mostra Internacional de Cinema.

No dia 17, outra reunião entre os realizadores argentinos e professores da UFSM deram continuidade ao projeto de implantação do futuro curso de graduação.

 

 

SEM COMENTÁRIOS