Unifra recebe proposta formal para construir hospital em São Sepé

0

Na sexta-feira, o prefeito da cidade vizinha esteve em Santa Maria e formalizou a sua proposta à Unifra

unifra-recebe-proposta-formal-por-hospital-em-sao--1441051568LU9
Foto: reprodução.

Em 2014, diante do impasse para que o Centro Universitário Franciscano (Unifra) obtivesse o licenciamento ambiental e fosse alterado o Plano Diretor, autorizando a ampliação do Hospital São Francisco de Assis, no Bairro Nossa Senhora de Lourdes, alguns municípios da região demonstraram interesse em receber o empreendimento na área de saúde. Três deles, em especial: Itaara, São Sepé e São Pedro do Sul. Na época, Itaara chegou a indicar uma área para receber o prédio e os seus 360 leitos previstos. E, agora, com o novo desacerto entre Unifra e Prefeitura de Santa Maria ganhando as páginas dos jornais outra vez, São Sepé resolveu fazer o mesmo.

Na última sexta-feira, o prefeito sepeense Léo Girardello e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Sandro Brum, vieram até Santa Maria para participar de uma audiência com a reitora da Unifra, Irmã Iraní Rupolo. Na ocasião, foi formalizada uma proposta de cessão de uma área para a futura obra do hospital escola. O terreno oferecido possui mais de 47 mil metros quadrados e fica no acesso a São Sepé, próximo às rotas da BR-392, a rodovia que liga a cidade a Santa Maria.

“Tudo vai depender dos interesses de expansão da instituição. O que podíamos fazer foi feito, que foi levar a proposta até as pessoas que são responsáveis pelo projeto. Vamos torcer para que o caso possa ser estudado com bastante interesse pela Unifra”, destacou o prefeito Léo Girardello.

Agora, os representantes da Prefeitura de São Sepé aguardam uma visita da reitora da Unifra para conhecer o local. Na semana passada, em entrevista ao Jornal A Razão, a Irmã Iraní Rupolo reiterou que o plano A continua sendo reformar o atual Hospital São Francisco de Assis. Porém, se os problemas persistirem, as opções oferecidas, São Sepé, Itaara e São Pedro Sul, poderão ser consideradas.

Direção do Centro Universitário Franciscano ainda quer ampliar o Hospital São Francisco, no Nossa Senhora de Lourdes. Se não conseguir, cogita um plano B (Deivid Dutra / A Razão)

SEM REUNIÃO

O encontro entre representantes da Prefeitura de Santa Maria e do Centro Universitário Franciscano (Unifra), marcado para a manhã de hoje, e intermediado pela Câmara de Vereadores, foi suspenso. O objetivo da reunião era tentar chegar a um acerto entre o Executivo e a instituição de ensino sobre a obra de ampliação do Hospital São Francisco de Assis, no Bairro Nossa Senhora de Lourdes.

Na semana passada, quando o presidente da Câmara de Vereadores, Sérgio Cechin (PP), agendou a reunião, a reitora da Unifra, Irmã Iraní Rupolo, informou, via Assessoria de Comunicação, que iria comparecer. Porém, como o prefeito Cezar Schirmer avisou que não deveria ir, em função de já ter outros compromissos agendados e uma viagem prevista para amanhã. Por isso o encontro foi desmarcado. De acordo com Cechin, a reunião será marcada em outra data, ainda não definida.

 Fonte: A razão.

SEM COMENTÁRIOS