Provas do Processo Seletivo Seriado serão em 20 de dezembro

0

6f0b5cca-b9b4-46f6-b75b-b52b8ba74b67
Reunião do Cepe ocorreu nesta sexta-feira, 15 de maio. Foto: divulgação

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) aprovou na sexta-feira, 15 de maio, o edital do Processo Seletivo Seriado (PSS) 2 e 3 de 2015. As provas do Processo Seletivo serão realizadas no dia 20 de dezembro, em Santa Maria e em outros municípios-sede. As provas objetivas serão no turno da manhã, e a redação, apenas para os candidatos do PS3, à tarde.

O período de inscrição será de 1º de julho a 14 de agosto. A inscrição será realizada no site da Coperves. O candidato deverá efetuar o pagamento da inscrição até o dia 17 de agosto.

O período para solicitação de isenção será de 15 a 17 de junho, também pelo Painel do Vestibulando. O resultado será divulgado no dia 30 de junho. No dia 23 de novembro, será divulgada a listagem dos inscritos com local de prova no site da UFSM e no site da Coperves.

O PSS terá mais duas edições (2015 e 2016), para que possa completar seu ciclo iniciado em 2014. As vagas dos cursos serão dividas entre 80% com ingresso pelo Sistema Integrado de Seleção Unificada (Sisu) e 20% pelo PSS.

O edital relativo aos 80% das vagas ofertadas pelo Sisu será publicado de acordo com o calendário relativo ao Edital Sisu 2016/01, do Ministério da Educação, que deverá sair entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016. É necessário que os interessados em ingressar na UFSM em 2016 realizem a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na edição de 2015.

O Processo Seletivo Seriado é constituído pelo Processo Seletivo da UFSM (80%) e pelo Exame Nacional do Ensino Médio (20%), considerando-se o escore obtido nas provas objetivas do Enem referente ao ano de 2015, 2014 ou 2013 e os escores decorrentes das etapas de classificação previstas no Manual do Candidato. Para os candidatos que realizaram mais de um exame, será considerado o escore do mais recente. Se a UFSM não tiver acesso às notas do Enem 2015 até o dia 15 de janeiro de2016, a pontuação do Enem obtida pelos candidatos será excluída do processo de classificação de todos os candidatos, independente do ano em que o realizaram.

Serão destinadas 50% das vagas dos cursos de graduação ao Sistema de Cotas. Destas vagas de cotistas, 50%, no mínimo, são reservadas aos estudantes oriundos de famílias com renda igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo e, para as cotas de pretos, pardos e indígenas (EP1A e EP2A), são reservadas aproximadamente 40% das vagas. Além disso, 5% do total de vagas de cada curso é destinada a candidatos com deficiência que apresentam necessidade educacional especial e um total de quatro vagas distribuídas nos cursos de graduação para candidato indígena aldeado residente em território nacional. As demais vagas são destinadas aos candidatos que concorrem no Sistema Universal e não se enquadram no sistema de cotas. 

Fonte: Assessoria UFSM.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS