Candidatos do curso de medicina são os primeiros a chegar

0

Recém havia amanhecido e já havia um grupo de pessoas ao redor do Centro Universitário Franciscano. Os estudantes que vão prestar vestibular para Medicina vieram de cidades do Rio Grande do Sul e de estados vizinhos e chegaram antes mesmo da chuva, que caiu momentos depois.

A moradora de Candelária, Roberta Gelsdorf Pinto, 20 anos, aguardava ansiosa pela prova num bar próximo à Instituição. Acompanhada da mãe, ela se diz confiante. “Já tento Medicina há três anos. Estudei o ano inteiro para prestar vestibular, me sinto preparada para o que der e vier”, declarou Roberta.

Evandro Correia, 19 anos, de Ponta Grossa, Paraná, foi o segundo a chegar. “Essa é mais uma tentativa dos quase 30 vestibulares para Medicina que já prestei. Vim preparado, espero passar e que o curso seja bom”, disse.  Nathália Maciel, 16 anos, de Dom Pedrito, chegou no mesmo táxi que Evandro e comentou estar apreensiva pelas aulas práticas do curso. “Faço cursinho desde o segundo ano do ensino médio. Tenho estudado em casa, vou tentar mais uma vez”, afirmou a estudante.

Chuva não inibiu os candidatos.

Gabriela Nrozinski, 19, de Ijuí está em sua terceira tentativa e revela receio quanto à estreia do curso no Centro Universitário Franciscano. “Tenho um pouco de medo por fazer parte da primeira turma, mas acredito que o curso seja bom por se tratar de uma Universidade renomada”, preocupou-se. A mãe de Gabriela, Cleusa Nrozinski, espera voltar para casa com a certeza de que a filha tenha sua vaga garantida.

 Fonte: Agência Central Sul Notícias.

SEM COMENTÁRIOS