UFSM aguarda resposta do MEC para aumentar vagas na Medicina

0

Resultado da análise do Ministério da Educação deve chegar nos próximos dias

A resposta do Ministério da Educação (MEC) para o pedido da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) de ampliar as vagas nos cursos do Centro de Ciências da Saúde (CCS) deve ser dada nos próximos dias.

Conforme o reitor da UFSM Paulo Burmann, que viajou a Brasília na última segunda-feira, se a resposta for positiva, é necessário ampliar a estrutura física e recursos humanos (professores e funcionários).

A proposta é que o curso de Medicina tenha mais 30 vagas, ampliando a oferta de 120 para 150 vagas anuais já no vestibular de 2015 e ingresso em 2016. 

A ampliação de vagas se deve também à futura demanda do hospital regional,que será gerido pela mesma direção do Hospital Universitário de Santa Maria (Husm)

Assim que houver a aprovação, a UFSM poderá dar início ao processo de abertura de edital. A ideia é viabilizar a contratação de pessoal, por meio de concurso público. 

Enfermagem e Fisioterapia podem ser beneficiadas

Conforme a direção do CCS, o MEC afirmou estar analisando o pedido de aumento do número de vagas para o curso de Enfermagem. A ideia é que se tenha o dobro de vagas: passando de 50 para 100. A Federal também pleiteia a construção de um novo bloco para comportar a estrutura e demanda do curso. Outra questão que aguarda uma sinalização do MEC é o acréscimo do número de vagas ao curso de Fisioterapia que, atualmente, tem 60 vagas.

Outra demanda da UFSM, a criação do curso de Nutrição, segue em compasso de espera. Já há um projeto, com a proposta do curso, mas que está sendo tratada internamente dentro do CCS. Se criado, o curso deverá ter 60 vagas.

 Fonte: Diário de Santa Maria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS