CCSH tem semana intensa de atividades na JAI

0

Congresso Nacional de Arquivologia é um dos destaques da semana

Acontece nesta semana a Jornada Acadêmica Integrada (JAI). Durante a programação, está prevista a promoção de palestras, debates, apresentações de trabalhos e eventos extracurriculares de interesse de alunos e professores. Neste ano, as apresentações são dividas em módulos temáticos. E cada unidade de ensino promove atividades temáticas dentro de cada área.

Dentro do Centro de Ciências Sociais e Humanas, o curso de Psicologia na sua semana acadêmica realizará quinta-feira (23), o 2º Partilhando Experiências da Psicologia, o curso de Administração faz em conjunto com o curso de Ciências Contábeis a 2ª Semana Acadêmica Integrada.

Para a semana acadêmica do curso de Economia haverá palestras com alguns professores durante três noites. Além destes, o curso de Arquivologia organizou o 6° Congresso Nacional de Arquivologia e a Faculdade de Comunicação Social (FACOS) realiza rodas de debate e oficinas que iniciaram nesta terça-feira (21).

 

2° Partilhando Experiências

O Seminário pretende aproximar os alunos da possibilidade de realizar um intercâmbio universitário, pela Secretaria de Apoio Internacional (SAI). Na ocasião os alunos terão a oportunidade de ter suas dúvidas esclarecidas em relação ao intercâmbio universitário, e vão acompanhar as falas de alunos que participaram do programa de intercâmbio.

Haverá palestra com o aluno de Relações Internacionais Igor Trindade que, recentemente, voltou de viagem da Argentina, onde passou quatro meses estudando. Igor falará um pouco sobre as oportunidades oferecidas pela SAI para possibilitar o estudo no exterior aos alunos, e como é feito todo o processo até a viagem. 

Os intercambistas convidados foram Luiza Sbrissa, Gabriela Quartiero, Pedro Bernard e Nilve Junges. O encontro será uma conversa sobre todos os benefícios tanto pessoal quanto profissional de participar de um intercâmbio, além de debater como ocorre a adaptação e quais são as dificuldades de se viajar para o exterior.

2° Semana Acadêmica Integrada de Administração e Ciências Contábeis

Pela segunda vez em parceria, neste ano os cursos de Administração e Ciências Contábeis prepararam para a semana acadêmica diversas palestras com os três módulos temáticos: Valor Empreendedor, Valor Sustentável e Valor Humano.

Dentro do módulo Valor Empreendedor uma das palestras foi “É hora de mudar – Empreender é possível” do professor Edemilton Pozza, que é formado em Gestão Comercial, Filosofia e Teologia. Além de autor do livro O Sucesso ao Alcance das Suas Mãos atua como palestrante nas áreas motivacionais, faz inúmeras palestras para estudantes, empresários e estudantes.

No módulo de Valor Sustentável aconteceram dois minicursos e ao final foi realizado um Talk Show sobre Sustentabilidade com os professores Celso Lemme e Luis Felipe Nascimento.

Nesta quarta-feira (22) acontecerá uma “Palestra Mágica” com Jardel Beck, e para o encerramento foi divulgado que os alunos podem esperar uma surpresa na finalização da semana acadêmica.

18ª Semana Acadêmica de Economia

A semana acadêmica de Economia neste ano conta com três noites de palestras, iniciada segunda-feira (20). Pessoas como o professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Alexandre Alves Porsse, a professora Daniela Kuhn da UFSM, e o professor Joel Fiegenbaum da Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma), estão entre os encarregados de ministrá-las. Além da semana acadêmica, os Cursos de Pós-Graduação em Economia e o Curso de Graduação em Economia promovem nesta semana também o II Seminário Jovens Pesquisadores em Economia e Desenvolvimento, que será realizado nos dias 22 e 23 deste mês.

39° Semana Acadêmica de Comunicação (Secom)

A semana acadêmica de Comunicação neste ano tem como módulo temático “Estudos dos processos midiáticos e da socialização da comunicação”. Dentro desse módulo estão sendo realizadas mesas de discussão sobre temas como: Democratização da Mídia, Proibicionismo, Gênero e Sexualidade e mesa de Direitos Humanos.

Além dos debates acontecem oficinas durante a semana sobre temas como: Economia, Política e Gestão Cultural, Jornalismo Investigativo, Edição Audiovisual, Educomunicação entre outros. 

No primeiro dia de atividades, terça-feira (21), após o cadastramento os alunos ouviram o som da banda Velha Cortesã, logo depois aconteceu a Mesa de Abertura com a fala de Murilo Ramos – graduado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná, com mestrado e doutorado em Comunicação pela Universidade de Missouri-Columbia (EUA) e pós-doutorado pela Universidade Estadual de Campinas.

Após a palestra também houve apresentações de trabalhos, relativos ao tema, pelos alunos da universidade.

Segundo a aluna de Jornalismo Sabrina Cáceres, “os temas como sexualidade, direitos humanos entre os outros são de extrema importância para que nós tenhamos uma outra visão de como comunicar a diversidade”.

As atividades prosseguem até sexta-feira (24) e ao final das atividades haverá uma festa de encerramento, que será aberta ao público geral.

6° Congresso Nacional de Arquivologia

Miguel Ferreira, da empresa portuguesa Keep Solutions, abordou inovação na preservação digital

Com o tema “Arquivologia: Sustentabilidade e Inovação” o Congresso Nacional de Arquivologia realiza sua 6° edição, completando, também, 10 anos de existência. Com o objetivo de avaliar a situação dos arquivos, visando estabelecer políticas arquivísticas para a instituição, neste ano a programação conta com muitas palestras de profissionais de diversos lugares.

O evento contou hoje (22) com a palestra do arquivista Miguel Ferreira da Keep Solutions, empresa portuguesa que presta serviços avançados na preservação da informação, que palestrou sobre “Inovação em acesso e preservação digital”. E mediação do professor Daniel Flores da UFSM. Assunto que aborda as vantagens e desvantagens do uso de tecnologias digitais para a preservação de documentos, e como lidar com essas tecnologias na área da arquivologia.Referente às desvantagens da informação digital “O problema é que esse contexto da informação digital torna-se obsoleto muito rápido”, relatou Miguel.Quando exemplificou estes contextos Miguel citou que o Hardware e o Software ganham novas versões e modificam-se rápido demais, e por isso a desvantagem de se guardar tudo no computador. Ainda, acrescentou que os documentos “Não podem ser prisioneiros desses meios”.

Palestraram também o professor Rualdo Menegat ( UFRGS), o professor José Maria Jardim da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), a professora Rosely Cury Rondinelli, da Cassa Rui Barbosa, e a professora Ana Célia Rodrigues, da Universidade Federal Fluminense (UFF).

O Congresso acontece até quinta-feira (22), quando haverá palestra com a professora Manuela Moro Cabero, da Universidade de Salamanca (USAL), que palestrará sobre “Avaliação de Documentos: metodologia, procedimentos e implicações”. Mediado pela professora Rita de Cássia Portella da Silva da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS).

 

 

Texto e fotos: Mariana Flores, acadêmica de Jornalismo, bolsista da Coordenadoria de Comunicação Social

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS