Associado APUSM recebe alta distinção da OAB-RS

0

 

O professor e associado APUSM, Josefino Francesquetto, recebeu a homenagem da Ordem gaúcha por seu trabalho como procurador do Estado. Foto Divulgação OAB RS
O professor e associado APUSM, Josefino Francesquetto, recebeu a homenagem da Ordem gaúcha por seu trabalho como procurador do Estado. Foto Divulgação OAB RS

 

O professor e advogado santa-mariense, Josefino Francesquetto, recebeu a Comenda Oswaldo Vergara em Sessão Magna da Ordem dos Advogados do Brasil no último dia 11 de agosto.

A homenagem é a mais importante distinção concedida pela Ordem gaúcha aos advogados e advogadas que, por seu trabalho, representam a classe com excelência.

O evento, que lotou o Teatro do Bourbon Country, em Porto Alegre, reuniu advogados de todo o Estado, dirigentes da entidade, representantes dos Poderes e da sociedade rio-grandense.

Ao entregar as 38 comendas, o presidente da OAB/RS, Marcelo Bertoluci, frisou que Oswaldo Vergara “foi um dos maiores do seu tempo, advogado por excelência, o exemplo de virtudes pessoais e de profissional que corporifica a profissão expressa na Constituição Federal como indispensável para a administração da Justiça. Como dirigente, foi combativo, fulgurante, de dimensão humanística notável que bem representa os valores mais caros pelos quais o Rio Grande do Sul sempre lutou”.

Oswaldo Vergara foi presidente da OAB/RS de 1939 a 1945 e de 1956 a 1965. A medalha possui a citação: “Sem advogado não há Justiça”.

Francesquetto recebeu a homenagem da Ordem gaúcha por seu trabalho como procurador do Estado, atividade que já está aposentado. O professor também é associado da APUSM e participa ativamente no dia a dia da Associação.

 

Foto OAB RS

SEM COMENTÁRIOS