Vestibular será definido no dia 15

0

Os candidatos a cursos na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) terão de esperar até 15 de agosto para conhecer as regras do vestibular. Depois de um longo e polêmico embate jurídico envolvendo a realização do processo seletivo da instituição, ficou definido que as provas ocorrerão de 12 a 14 de dezembro. Porém ainda resta um impasse: a aplicação da primeira prova do Processo Seriado, destinada aos estudantes do 1º ano do Ensino Médio.

O vestibular tradicional, com provas em três dias, deve ser o último da história da UFSM. A partir de 2015, a universidade pretende adotar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de seleção dos estudantes para seus mais de 100 cursos. A tentativa de antecipar a adoção do exame nacional para 2014 foi que gerou toda a polêmica na universidade (veja quadro).

De acordo como vice-reitor da UFSM, Paulo Bayard, o edital do processo seletivo está sendo concluído e será levado para a análise do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) na reunião do dia 15h, às 8h30, na Reitoria. Bayard afirma que o edital assegura o vestibular único e as provas dos processos seriados 1 e 2, para estudantes do 2º e do 3º ano do Ensino Médio.

A indefinição, no momento, é o PS 1. Ao confirmar a realização do vestibular, em atendimento a uma determinação da Justiça Federal, a UFSM não divulgou a aplicação dessa prova. Por isso, as entidades que ingressaram na Justiça para exigir o vestibular deste ano voltaram a recorrer ao Judiciário, na semana passada, para cobrar também a prova do PS 1. No entender das entidades, a decisão do juiz da 3ª Vara Federal, Loraci Flores de Lima, incluía todas as três provas do Processo Seriado.

Clique para ampliar

Na última sexta-feira, o magistrado pediu explicações à universidade. Ontem à tarde, o procurador jurídico da UFSM, Rubem Corrêa da Rosa, não atendeu a reportagem de A Razão para falar sobre o assunto. O vice-reitor, por sua vez, disse não saber qual posição jurídica será tomada em relação ao PS 1. Ele garantiu, no entanto, que a definição ficará a cargo do Cepe.

Fonte: Arazão

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS