Diretoria anuncia para setembro início das obras do Centro Cultural APUSM

0

 

 

O projeto arquitetônico do complexo foi elaborado pelo escritório do arquiteto Pepe Reys prevê uma área construída de 8.800 m2, distribuídos em cinco pavimentos. Ilustração divulgação APUSM
O projeto arquitetônico do complexo foi elaborado pelo escritório do arquiteto Pepe Reys e prevê uma área construída de 8.800 m2, distribuídos em cinco pavimentos. Ilustração divulgação APUSM

 

Uma antiga aspiração dos fundadores da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria começa a se tornar, literalmente,  uma realidade concreta no ano de seu cinqüentenário. O presidente da APUSM, professor Paulo Magnago , juntamente com sua diretoria executiva, anuncia para o próximo mês de setembro o início das obras de construção do tão sonhado Centro Cultural APUSM, nos fundos da sede social da entidade no bairro Dores.

“A construção do Centro Cultural APUSM é um antigo sonho da Associação, uma necessidade atual de nossos associados e também uma das prioridades elegidas por nossa diretoria como plataforma de campanha. E isto tudo começa a se tornar uma realidade dentro de 45 dias”, enfatizou o presidente.

Centro Cultural APUSM
Centro Cultural APUSM – Vista frontal

O projeto arquitetônico do complexo foi elaborado pelo escritório do arquiteto Pepe Reys prevê uma área construída de 8.800 m2, distribuídos em cinco pavimentos, sendo que o térreo abrigará um teatro com palco multiuso que, conforme a utilização, pode se tornar uma quadra poliesportiva, além de conjuntos de vestiários, sanitários e salas de apoio.

No segundo andar está previsto arquibancadas com 340 lugares, mezanino e cabines de transmissão.  No primeiro subsolo será construído um salão de eventos multiuso com churrasqueira, cozinha, espaços de apoio, além de uma academia de ginástica.

O segundo subsolo é para instalação de um refeitório, sala-de–estar, vestiários e sanitários. Neste mesmo pavimento haverá um estacionamento para aproximadamente 60 veículos. No terceiro subsolo serão oferecidos espaços para esportes de salão  e um bar para pequenas confraternizações.

Em um segundo momento da construção deste novo prédio, a Associação pretende oferecer também uma piscina térmica, com aquecimento solar e instalações complementares e adequados a esta atividade física e esportiva.

 

Prédio abrigará um teatro com palco multiuso que, conforme a utilização, pode se tornar uma quadra poliesportiva, além de conjuntos de vestiários, sanitários e salas de apoio
Prédio abrigará um teatro com palco multiuso que, conforme a utilização, pode se tornar uma quadra poliesportiva, além de conjuntos de vestiários, sanitários e salas de apoio

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA